Publicado por: Profª Evelyne | Janeiro 28, 2009

INSPIRAÇÃO…

O ANDRÉ, QUE TEM UMA VEIA POÉTICA, COMPÔS MAIS UM POEMA À SUA NINFA.

Perdida sempre nos tempos, imersa,

Correndo por entre vales profundos,

Lá estavas tu, esquecida depressa

Pelo tempo, perdida nesses mundos.

E encontrei-te, na água, dispersa

Da Lua e dos seus brancos conjuntos,

Branca, como tu, musa do meu ser.

Sempre por ti espero, ao anoitecer.

 

André André, 9ºB


Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: